23.02.17

UFPE vai oferecer mestrado profissional para servidores da PF


PDF Imprimir E-mail

Com informações daAssessoria de Comunicação Social do MEC

O reitor Anísio Brasileiro e o diretor-geral do Departamento de Polícia Federal (DPF), Leandro Daiello, assinaram ontem (22), na sede da Academia Nacional de Polícia (ANP), em Brasília, instrumento de cooperação técnica entre a UFPE e a Polícia Federal, com o objetivo de promover atividades acadêmicas para o desenvolvimento e profissionalização de agentes. Inicialmente, 20 alunos servidores da PF participarão, no Campus Recife, do Mestrado Profissional em Engenharia de Produção, com ênfase em Gestão e Análise de Risco em Segurança Pública. Anísio destacou que o acordo firmado com a PF resultará “em um aprendizado mútuo, valorizando a gestão pública e o conhecimento científico”.

Estava presente na solenidade o ministro da Educação, Mendonça Filho, que destacou a importância de iniciativas que visam a contribuir para a consolidação e o fortalecimento da Polícia Federal. “Trata-se de uma instituição de grande credibilidade, que tem cumprido o seu trabalho com eficiência e eficácia”, disse. Na cerimônia, o Ministério da Educação credenciou a Academia Nacional de Polícia (ANP), vinculada à Polícia Federal, para a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu – modalidades presencial e a distância – e validou os que já foram concluídos.

Foto: Mariana Leal/MEC
fotPF23.02.17
Segundo o reitor, convênio valoriza a gestão pública e o conhecimento científico

Para o diretor-geral do Departamento de Polícia Federal (DPF), Leandro Daiello, parcerias como as firmadas com o MEC e a UFPE são essenciais à formação dos agentes para os desafios de hoje e de amanhã, para o enfrentamento estratégico do crime organizado. “A nossa instituição é formada por pessoas. Podemos investir em tecnologia, mas de nada adianta sem policiais devidamente preparados”, afirmou ele. Segundo Daiello, o objetivo da instituição é expandir as cooperações técnicas com outras universidades federais. Elas já estão sendo negociadas, por exemplo, com as universidades de Brasília (UnB) e de Santa Catarina (UFSC).

O superintendente de Segurança Institucional, Armando Nascimento, destacou que a oferta do Mestrado Profissional em Engenharia de Produção, com ênfase em Gestão e Análise de Risco em Segurança Pública, vai abrir novos mercados, inclusive, para alunos de Engenharia de Produção, que poderão atuar nesta área.


Compartilhar

 

9 visitantes online | 1278 visualizações

[ voltar ]