Simulação de processos do Restaurante Universitário é tema de pesquisa em Engenharia de Produção

PDF Imprimir E-mail

O professor Márcio das Chagas Moura e o aluno Victor Viana ambos do departamento de Engenharia de Produção (DEP) e do Centro de Estudos e Ensaios em Risco e Modelagem Ambiental (CEERMA) auxiliaram, através de suas pesquisas, a equipe do Restaurante Universitário da UFPE na tomada de decisão no que diz respeito à melhoria do nível de atendimento de serviço aos estudantes. Os estudos, que foram realizados com auxílio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC-CNPq), identificaram que os balcões são os gargalos atuais do processo de atendimento. “Nota-se, através dos resultados da simulação, que os balcões são utilizados emquase 85% do tempo, enquanto a capacidade de estudantes sentados do RU é apenas utilizada em cerca de 44% do seu total em média durante o horário de almoço. Em outras palavras, a capacidade do RU possui folga pra sermais utilizada, mas a quantidade de balcões não permiteque isto ocorra atualmente.”, diz o professor Márcio das Chagas Moura.

Portanto, a equipe do RU irá duplicar em caráter experimental o número de balcões de distribuição de refeições. Além disso, outras modificações discutidas com a empresa contratada para o fornecimento de refeições e com arquitetos da UFPE também serão implementadas na tentativa de melhorar o atendimento e o nível de satisfação dos estudantes. “O importante deste trabalho é que soluções desenvolvidas dentro da UFPE podem resolver problemas da própria instituição. Além disso, o PIBIC permite a formação de recursos humanos capacitados a trabalhar nessa área da Engenharia de Produção”, acrescenta das Chagas Moura.

 

Video: http://youtu.be/0WDsE8fDvm8


ru_ufpe2