Aplicações de Teoria da Informação em Criptografia

PDF Imprimir E-mail

DESCRIÇÃO

A codificação homofônica é uma técnica utilizada na criptografia para tornar fortemente ideais, segundo a definição de Shannon, os criptosistemas não-expansíveis de chave simétrica, o que significa tornar o texto claro a ser cifrado completamente aleatório, dando assim origem a um texto cifrado completamente aleatório impossibilitando ataques que exploram desvios estatísticos no mesmo. O esquema de codificação homofônica universal proposto por Massey, que faz uso de um codificador universal de fonte, é analisado quando são empregados o codificador de Lynch-Davisson (LD), ou o algoritmo de Lempel-Ziv-Welch (LZW), e o gerador e números pseudo-aleatórios de Park-Miller-Carta, considerados para a sua implementação. É investigada uma nova proposta de codificação homofônica universal que combina propriedades da cifra de blocos descartáveis (one-time-pad) e de um entrelaçador, acarretando menor complexidade computacional em comparação com o esquema proposto por Massey. A validação de tais esquemas universais é feita utilizando-se a bateria de testes adotadas pelo National Institute of Standards and Technology dos Estados Unidos da América, disponível publicamente.

COORDENADOR

Valdemar Cardoso da Rocha Júnior