Modelo Sistêmico e Integrado de Manutenção

PDF Imprimir E-mail

DESCRIÇÃO

As empresas do setor elétrico brasileiro estão atualmente passando por uma fase caracterizada por novas exigências de qualidade e de produtividade, tendo de investir em tecnologia no sentido de garantir a perspectiva de melhoria contínua de seu sistema produtivo, ao mesmo tempo em que procuram se adaptar a um cenário de fortes restrições, de constantes ajustes e de inovações dos instrumentos de regulamentação. O modelo de gestão de manutenção comumente adotado está baseado na coordenação de atividades sustentadas nas ações corretivas, preventivas e preditivas. O que está colocado no presente momento é como se fará a adoção das novas práticas de gestão da manutenção, baseada na confiabilidade (RCM - Reliability Centered Maintenance = Manutenção Centrada na Confiabilidade) e na produtividade (TPM – Total Productive Maintenance = Manutenção Produtiva Total). Os métodos gerenciais têm o objetivo de tentar equilibrar a complexidade das organizações dotadas de modernas tecnologias com as ações requeridas para administrá-las e com cada vez mais confiabilidade. Isso porque, mesmo com ferramentas de última geração, tem-se presenciado acidentes de grande consequência com repercussões as mais variadas possíveis para a sociedade. Desta forma se caracteriza como de fundamental importância a pesquisa por modelos fundamentados nas modernas ferramentas de mantenabilidade, confiabilidade, sistemas baseados no conhecimento e que considere o ambiente interno e externo a organização, procurando atender cada vez mais e melhor as atuais e futuras exigências sobre o sistema produtivo.
O projeto objetiva pesquisar e desenvolver modelos que atenda elevados índices de produtividade das instalações elétricas de potência e consequentemente da organização de forma ampla. Incorporando elementos presentes em politicas como RCM e TPM sustentados por ferramentas como modelos de Markov, Sistemas inteligentes e ferramentas de análise.

 

COORDENADOR

Cícero Mariano Pires dos Santos.