15/04/2016 - Colóquio - “Há uma anomalia na não-localidade quântica” - Prof. Dr. Fernando Parisio (Departamento de Física, UFPE)

PDF Imprimir E-mail
Título: Há uma anomalia na não-localidade quântica?
 

Coloquialista: Prof. Dr. Fernando Parisio (Departamento de Física, UFPE)

 

 

Resumo

Na parte inicial do colóquio o conceito de não-localidade de Bell será introduzido para dois sistemas emaranhados, cada um deles com dois níveis (qubits). Neste caso simples não há surpresas quanto à relação entre emaranhamento e não-localidade: o estado mais não-local é também o mais emaranhado. Ao se dar um passo adiante, considerando-se dois sistemas com três níveis cada (qutrits), surge o que ficou conhecido na literatura, por treze anos, como “uma anomalia da não-localidade”, correspondendo à inferência de que o estado maximamente emaranhado não é o que causa a maior violação na localidade.

O ponto principal do colóquio será a apresentação de uma medida de não-localidade indicando que a suposta anomalia surge de uma artificialidade teórica.

 

 

Data, horário e local:

15 de Abril de 2016, 16h

Auditório do Departamento de Física – CCEN – UFPE

 
 
Os Colóquios do Departamento de Física da UFPE são transmitidos ao vivo via Internet através do link:
www.ustream.tv/channel/col%C3%B3quio-f%C3%ADsica-ufpe