Apresentação

PDF Imprimir E-mail

 

O Programa de Pós Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares (PROTEN) está vinculado ao Centro de Tecnologia e Geociências (CTG/UFPE) e ao Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste (CRCN-NE/CNEN). Ele está sob a responsabilidade do Departamento de Energia Nuclear (DEN) da UFPE, única instituição do Norte e Nordeste com experiência e qualificação adequada para formar recursos humanos na área de tecnologia nuclear. Ele é objeto de Coordenação Central por intermédio da Câmara de Pós-Graduação do Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPE (CCEPE).

O programa originou-se do antigo Curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia Nuclear, criado em 1977. O doutorado passou a ser oferecido a partir de 1997. Em 2008, foi aprovado o projeto de associação com o Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste (CRCN-NE), órgão regional da CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear), vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia. O CRCN-NE/CNEN localiza-se no campus da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), distante 500 metros do DEN/UFPE e diversos pesquisadores atualmente vinculados ao CRCN-NE haviam sido docentes do DEN/UFPE e continuam atuando no PROTEN/UFPE/CNEN.

A Estrutura Curricular do Programa é praticamente única para mestrado e doutorado. Na grande maioria, as disciplinas estão cadastradas como doutorado, mas são ministradas conjuntamente tanto para alunos de doutorado como de mestrado. O curso de doutorado vem funcionando com um esquema que permite que o aluno dedique mais tempo ao desenvolvimento do trabalho experimental, em vez de apenas acumular créditos em disciplinas teóricas. Com isto, espera-se que o aluno possa concluir o seu doutorado dentro do menor prazo possível. Existe também a possibilidade, prevista no Regimento do curso, de permitir que alunos com excelente desempenho no seu primeiro ano de mestrado possam ingressar no doutorado, contribuindo para a diminuição do tempo de permanência do aluno e constituindo-se como incentivo à excelência no desempenho acadêmico.

O PROTEN está organizado em cinco áreas de concentração: Aplicações de Radioisótopos na Agricultura e Meio-Ambiente (ARAMA), Aplicações de Radioisótopos na Indústria e Medicina (ARIM), Dosimetria e Instrumentação Nuclear (DOIN), Engenharia de Reatores (ER) e Fontes Renováveis de Energia (FRE). Estas áreas correspondem às linhas de trabalho dos grupos de pesquisa que dão sustentação ao Programa.

O objetivo do PROTEN/UFPE/CNEN é a formação de recursos humanos altamente qualificados, contribuindo assim para o desenvolvimento científico-tecnológico e a inclusão social na região norte-nordeste do país. Durante o seu período de funcionamento, o curso já formou 307 mestres e 105 doutores até setembro de 2014, contribuindo para suprir o mercado com pessoal capacitado para atuar nas áreas de ensino, pesquisa e aplicações das tecnologias energéticas e nucleares nas indústrias e hospitais no país. A grande maioria dos doutores formados no Programa é absorvida por meio de bolsas e projetos de pesquisa, após o que poderão ser contratados pelas IFES. Apresentam também a possibilidade de desenvolver suas atividades em órgãos públicos vinculados às áreas mais técnicas. E diversos egressos do PROTEN/UFPE/CNEN foram contratados em universidades brasileiras, indústrias e clínicas de medicina nuclear, de radioterapia do país, bem como em diversos institutos da CNEN.