Universidade Federal de Pernambuco - Agência de Notícias - Clipping
IFPE sedia Olimpíada Pernambucana de Física nesta sexta-feira PDF Imprimir E-mail

19/10/2017

 

Nesta sexta-feira, o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) realiza a edição anual da Olimpíada Pernambucana de Física (OPEF). A competição valoriza o ensino da disciplina e revela talentos para o futuro das inovações científicas na área entre estudantes de ensino médio. Somente dois estados do país realizam olimpíadas estaduais de física: São Paulo e Pernambuco.

Nesta edição, 120 escolas públicas e privadas participam, em um total aproximado de sete mil estudantes de ensino médio. As escolas estão localizadas nas cidades de Recife, Olinda, Caruaru, Petrolina, Fernando de Noronha, Exu, Macaparana, Garanhuns, Carpina, Limoeiro, Jupí, Vitória de Santo Antão, Jupí, Bonito, Nazaré da Mata, belo Jardim, Barreiro, Paudalho, Timbaúba, Petrolina, Ouricuri, Goiana, Belém de Maria, Jucatí, Lagoa dos Gatos, Araripina e mais 20 cidades. Cerca de 80 Escolas de Referência de Ensino Médio (EREMs), mantidas pela Secretaria Estadual de Educação, também participam.

Os estudantes receberão medalhas de ouro, prata e bronze, além de certificados que também serão entregues a professores, conforme a classificação em uma prova de 20 questões objetivas. A OPEF também é utilizada como preparação do estudante para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), já que apresenta questões em mesmo formato, avaliando os conhecimentos na área de Física.

A Olimpíada, coordenada pelo IFPE, conta com o apoio da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, Instituto de Física da UFPE, CECINE-UFPE, Espaço Ciência, Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) e Associação de Professores de Física de Pernambuco (APROFISPE). A OPEF é inteiramente gratuita para estudantes, escolas e professores.

 

Link da Matéria

 
Governo autoriza criação de 1,9 mil vagas de trabalho em universidades federais PDF Imprimir E-mail

19/10/2017

 

Os ministérios da Educação (MEC) e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão autorizaram nesta quinta-feira (19) a criação de 1,9 mil vagas, a serem incluídas em 2017 e 2018, para bancos de professor e para o quadro técnico-administrativo das universidades federais. A Portaria Interministerial 316, de 9/10/2017, foi publicada no Diário Oficial da União.

Há vagas para Pernambuco. A Universidade Federal de Pernambuco terá, este ano, seis novas vagas para professor de nível superior na instituição e mais três para as unidades de ensino básico, técnico e tecnológico ligadas à UFPE. Já Universidade Federal Rural de Pernambuco terá, para 2018, mais 43 vagas para professor. Para cargos de servidores técnico-administrativos, estão previstas sete novas vagas para UFPE este ano, enquanto, para a UFRPE, serão mais cinco vagas em 2017 e, para 2018, 33 vagas.

Do total, 1,2 mil vagas são para contratação de docentes e 700 para cargos técnico-administrativos. Segundo o MEC, a medida visa a recompor, em parte, o quadro de servidores necessário para atender às quatro universidades mais novas, criadas em 2013; a expansão referente aos cursos de medicina; a ampliação de campi; e a regularização de deficit de técnico administrativos decorrentes de decisões judiciais.

A efetivação da ampliação de vagas previstas para o ano de 2018 dependerá ainda de confirmação orçamentária pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Segundo o MEC, a última liberação de vagas de docentes ocorreu em agosto de 2015, quando foram autorizadas 880 vagas para contratação no âmbito do programa de ampliação dos cursos de medicina. No caso do quadro técnico-administrativo, a última liberação de vagas havia sido em abril de 2014.

 

Link da Matéria

 
XII Semana Municipal de Ciência e Tecnologia do Recife começa na segunda PDF Imprimir E-mail

19/10/2017

 

A partir da próxima segunda-feira, a XII Semana Municipal de Ciência e Tecnologia do Recife levará palestras, oficinas, trilhas, jogos e exposições, todas gratuitas e abertas ao público, para seis locais da cidade. O evento acontece até o domingo e será realizado em parceria pela Prefeitura do Recife, Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), IFPE - campus Jaboatão dos Guararapes e Departamento de Energia Nuclear da UFPE. Com o tema “A Matemática está em Tudo!”, a programação tem o objetivo de destacar a importância da ciência na vida das pessoas.

As atividades serão realizadas no Econúcleo Jaqueira, Jardim Botânico do Recife, IFPE - campus Jaboatão dos Guararapes, Escola de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, Unicap e Museu de Ciências Nucleares da UFPE. A abertura acontecerá às 14h da segunda-feira (23), no auditório do Departamento de Energia Nuclear da UFPE, situado na Avenida Professor Luiz Freire, 1000. Em seguida, às 14h30, haverá uma palestra abordando a temática de Tecnologia e Sustentabilidade.

Da terça (24) ao domingo (29), das 9h às 16h, o Jardim Botânico do Recife abrigará exposição de trabalhos feitos pelos monitores, com o objetivo de demonstrar como a Matemática está presente na natureza, através de resumos das pesquisas realizadas no local. No domingo, a apresentação será feita oralmente e os visitantes poderão escolher o melhor trabalho e performance. Como prêmio, o vencedor publicará um artigo científico na revista do JBR, a “Arrudea”.

Também na terça, durante todo o dia, haverá oficinas de robótica no Bloco D da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Das 14h às 17h, a Escola de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, na Madalena, será palco para a palestra “Ciências nucleares e a Matemática: ferramentas interativas”, com a professora Denise Levy. Na quarta-feira (25), a programação continua com visitação de escolas ao Museu de Ciências Nucleares, na Cidade Universitária, e novas oficinas de robótica na Unicap.

A quinta-feira (26) será marcada por várias atividades no Econúcleo Jaqueira, durante todo o dia, como oficinas, jogos, trilha, visita guiada e contação de histórias, relacionadas à temática do evento. A partir das 14h, o IFPE de Jaboatão dos Guararapes receberá a exposição “Aplicações Nucleares e a Matemática” e a oficina “Animação digital com Tablets”. A programação no Econúcleo Jaqueira seguirá até o domingo (29).

 

Link da Matéria

 
Olimpíada Pernambucana de Física acontece nesta sexta PDF Imprimir E-mail

18/10/2017

 

Na próxima sexta-feira, o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) realiza a edição anual da Olimpíada Pernambucana de Física (OPEF). A competição valoriza o ensino da disciplina e revela talentos para o futuro das inovações científicas na área entre estudantes de ensino médio. Somente dois estados do país realizam olimpíadas estaduais de física: São Paulo e Pernambuco.

Nesta edição, 120 escolas públicas e privadas participam, em um total aproximado de sete mil estudantes de ensino médio. As escolas estão localizadas nas cidades de Recife, Olinda, Caruaru, Petrolina, Fernando de Noronha, Exu, Macaparana, Garanhuns, Carpina, Limoeiro, Jupí, Vitória de Santo Antão, Jupí, Bonito, Nazaré da Mata, belo Jardim, Barreiro, Paudalho, Timbaúba, Petrolina, Ouricuri, Goiana, Belém de Maria, Jucatí, Lagoa dos Gatos, Araripina e mais 20 cidades. Cerca de 80 Escolas de Referência de Ensino Médio (EREMs), mantidas pela Secretaria Estadual de Educação, também participam.

Os estudantes receberão medalhas de ouro, prata e bronze, além de certificados que também serão entregues a professores, conforme a classificação em uma prova de 20 questões objetivas. A OPEF também é utilizada como preparação do estudante para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), já que apresenta questões em mesmo formato, avaliando os conhecimentos na área de Física.

A Olimpíada, coordenada pelo IFPE, conta com o apoio da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, Instituto de Física da UFPE, CECINE-UFPE, Espaço Ciência, Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) e Associação de Professores de Física de Pernambuco (APROFISPE). A OPEF é inteiramente gratuita para estudantes, escolas e professores.

 

Link da Matéria

 
Governo Federal autoriza 1,9 mil vagas de trabalho em universidades; PE tem oportunidades PDF Imprimir E-mail

19/10/2017

 

Os ministérios da Educação (MEC) e do Planejamento autorizaram nesta quinta-feira (19) a criação de 1,9 mil vagas, a serem incluídas em 2017 e 2018, para bancos de professor e para o quadro técnico-administrativo das universidades federais. Há vagas para Pernambuco. A Portaria Interministerial 316, de 9/10/2017, foi publicada no Diário Oficial da União.

Segundo o MEC, em Pernambuco haverá vagas paras as Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

A Universidade Federal de Pernambuco terá, este ano, seis novas vagas para professor de nível superior na instituição e mais três para as unidades de ensino básico, técnico e tecnológico ligadas à UFPE. Já a Universidade Federal Rural de Pernambuco terá, para 2018, mais 43 vagas para professor.

Para cargos de servidores técnico-administrativos, estão previstas sete novas vagas para UFPE este ano, enquanto, para a UFRPE, serão mais cinco vagas em 2017 e, para 2018, 33 vagas. A assessoria de comunicação do MEC explica que caberá a cada instituição a realização da seleção.

Na Univasf, estão previstas 41 novas vagas de professor para o próximo ano e, para os cargos de técnico-administrativos, mais 34 vagas ao todo: dez para este ano e 24 para 2018.

Do total no País, 1,2 mil vagas são para contratação de docentes e 700 para cargos técnico-administrativos. Segundo o MEC, a medida visa a recompor, em parte, o quadro de servidores necessário para atender às quatro universidades mais novas, criadas em 2013; a expansão referente aos cursos de medicina (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), Universidade Federal do Cariri (UFCA), Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB)); a ampliação de campi; e a regularização de deficit de técnico administrativos decorrentes de decisões judiciais.

A efetivação da ampliação de vagas previstas para o ano de 2018 dependerá ainda de confirmação orçamentária pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Segundo o MEC, a última liberação de vagas de docentes ocorreu em agosto de 2015, quando foram autorizadas 880 vagas para contratação no âmbito do programa de ampliação dos cursos de medicina. No caso do quadro técnico-administrativo, a última liberação de vagas havia sido em abril de 2014.

 

Link da Matéria

 
<< Início < Anterior 2231 2232 2233 2234 2235 2236 2237 2238 2239 2240 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL