Graduação Controle e Automação

PDF Imprimir E-mail

O curso de Engenharia de Controle e Automação visa formar profissionais que dominem as tecnologias de sistemas de controle automático e manufatura inteligente, visando a capacitação de profissionais nas áreas de sistemas de controle, acionamentos elétricos, eletrônica analógica e digital e computação aplicada à indústria.

O Engenheiro de Controle e Automação formado será responsável pela manutenção, modernização e pelo aumento de produtividade e competitividade nas indústrias. A área é importante por integrar as Engenharias Elétrica, Eletrônica e de Computação aplicada diretamente à indústria e com importantes implicações socioeconômicas. Nas últimas décadas, o avanço tecnológico nas áreas de equipamentos industriais, eletrônica e microprocessadores, aliado ao desenvolvimento de softwares, têm contribuído muito para o crescimento de processos controlados por máquinas automatizadas.

A modernização é vista, atualmente, como uma condição vital para a sobrevivência de uma indústria no mercado de livre competição. A crescente demanda por custos menores de produção abre espaço para a automação nas indústrias com a consequente diminuição de custos com mão de obra e também pela necessidade de alta qualidade nos processos. A competitividade gerada pela globalização pressiona a economia, surgindo à necessidade dos engenheiros de controle e automação. São eles que buscam e aplicam novas técnicas de produção e controle que resultam na redução de custos e prazos e na melhoria da qualidade dos produtos.

Os engenheiros de controle e automação também poderão atuar em outras áreas. Nas áreas de arquitetura e construção civil, o Engenheiro de Controle e Automação está hábil para desenvolver casas e prédios inteligentes, com a melhoria dos usos dos recursos energéticos e com elevada segurança para os usuários. Nas ciências biomédicas, o mesmo é capaz de aperfeiçoar aparelhos cirúrgicos e de recuperação de pacientes através de sistemas automatizados de fisioterapia. Este profissional também poderá estar presente nas indústrias metalúrgicas, automotivas, eletrônicas e optoeletrônicas (dispositivos eletrônicos que interagem com a luz).

Por ser uma área multidisciplinar é preciso ter conhecimentos de diversas áreas da Engenharia, tais como Mecânica, Elétrica e de Computação. O profissional pode atuar em todas as áreas que necessitem de processos automáticos e controláveis por sistemas computacionais. Cabem a ele, ainda, identificar as necessidades de automação de uma empresa e atendê-las de acordo com as tecnologias adequadas e recursos disponíveis.

O Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Controle e Automação da UFPE procura considerar as necessidades do mundo globalizado e as demandas do mercado de trabalho, que solicita um profissional cada vez mais atualizado e capaz de responder efetivamente aos desafios impostos pelas contínuas mudanças tecnológicas.

Com o objetivo de atender a este cenário, o curso disponibiliza uma formação baseada nos pressupostos teóricos da área, que visa sua consolidação por meio de atividades práticas e de pesquisa, proporcionando ao futuro profissional a ser formado, uma visão das demandas do mercado de trabalho. Além disso, devido ao mundo atual, faz-se necessário perceber que as exigências relativas ao futuro engenheiro tiveram uma ampliação, uma vez que lhe será cobrada, não só uma competência profissional com visão crítica e atitude proativa, mas inclusive uma base filosófica que lhe permita valorizar o ser humano e o meio ambiente, isto é, o futuro engenheiro formar-se-á com valores tecnológicos, éticos e responsabilidade social. Dentro desta visão, o curso proposto de Engenharia de Controle e Automação da UFPE possui currículo orientado às necessidades do mercado, explorando didáticas de ensino mais interativas e motivantes, que promovam a autoaprendizagem utilizando-se para tal o incentivo à pesquisa.