GPECI

PDF Imprimir E-mail

O Grupo de Pesquisa Educação Geográfica, Cultura Escolar e Inovação (GPECI) propõe-se realizar um conjunto de estudos comparativos, críticos e propositivos a partir das concepções de educação, cultura e inovação nos espaços contemporâneos, dando ênfase as questões centrais associadas a dinâmica socioespacial e suas interfaces.

 

Repercussões dos trabalhos do grupo

 

O GPECI, vinculado ao Laboratório de Ensino de Geografia e Profissionalização Docente (LEGEP) do DCG/UFPE, apresenta como foco central os estudos e pesquisas que se proponham a refletir e/ou construir o ferramental necessário, teórico-metodológico, para a divulgação sistemática, nos diversos níveis de ensino, dos saberes vinculados ao campo de conhecimento geográfico. Igualmente serão abrigados por esse Grupo de Pesquisa, os estudos interessados em refletir sobre as trajetórias desenvolvidas pelas experiências práticas do ensino de geografia, sobre os referenciais teóricos norteadores dessas práticas e sobre a relação da Geografia, enquanto disciplina escolar, com os demais campos do conhecimento. Além dos diversos trabalhos publicados em revistas e livros nacionais e internacionais, o grupo mantém estreitos laços de intercâmbio com pesquisadores dos Grupos “Educação, Cultura Escolar e Sociedade” (da UECE/Centro de Educação), “Educação e Saúde Coletiva” (da UECE/Centro de Ciências da Saúde) e “Saber e Prática Social do Educador” (da UFC/ Faculdade de Educação), que vêm aglutinando interesses em torno do trabalho docente e sua relação com a pesquisa no âmbito do Ensino Superior. Nossas linhas de investigação, inicialmente isoladas, confirmaram-se de ponta na área de educação nestes últimos anos.

 

Objetivos

 

Os estudos do Grupo, centralizados em torno do ensino de Geografia e da profissionalização docente ancora-se nos saberes e na prática social do educador, privilegiando neste enfoque elementos dos saberes tanto da cultura estudantil como da cultura docente. O eixo central do Grupo foca de forma direta as temáticas associadas à da formação do educador em espaços escolares (educação básica e superior) e não escolares, aprofunda elementos do trabalho pedagógico, dos saberes e da racionalidade que lhe dão suporte na perspectiva da emancipação do ser social, destacando dimensões da profissionalidade no campo da formação do educador. Destacam-se ainda os elementos constituintes dos processos formativos, assim como da produção de materiais que contribuam para o ensino de Geografia em suas múltiplas linguagens, assim como das metodologias e interfaces do campo pedagógico e disciplinar.